25/02/2015

Ovos fofos

Ultimamente ando com dificuldade de escrever. Falta de inspiração, excesso de tarefas a que me proponho ou simplesmente cansaço. Não sei o motivo e espero que seja passageiro porque um blogue vive de receitas, fotografias mas muito da escrita. A verdade é que ultimamente, quando me sento para escrever, já é hora de dormir. Sinto que escrevo as primeiras linhas consciente e seguindo a lógica do meu pensamento mas não vai muito além disso. O post sai muitas vezes em piloto automático. 

23/02/2015

Muffins de chocolate {Dica para fazer bolos fofos com farinha integral}

Recentemente tive a oportunidade de experimentar a farinha de trigo sarraceno Myprotein. Tinha imensa curiosidade e quando a farinha chegou comecei por usá-la como substituto da farinha branca num puré de ervilhas. Ficou delicioso e na minha opinião com mais corpo. 
Nunca é demais relembrar as vantagens da farinha integral em relação à branca (refinada). A farinha integral é mais nutritiva pois não passa pelo processo de refinação e mantém todos os seus constituintes, o farelo (a casca), o endosperma e o gérmen (a parte interior mais pequena do grão). É precisamente por este motivo que, ao adaptar uma receita para a sua versão integral, devemos ter o cuidado de dar tempo para que o farelo e o gérmen hidratem e não fiquem duros ao cozer. Garanto que não teria descoberto isto não fosse eu uma grandecíssima teimosa porque não estraguei um, mas dois bolos por causa deste pequenino pormenor. 
Já fiz bolos com farinha integral muitas vezes, assim como biscoitos, bolachas e afins. Mas usei sempre a farinha de trigo "normal" e tudo corria bem até experimentar esta e o resultado não ter sido o mesmo. Pesquisei e encontrei este post que me salvou o fim de semana! 
Então a única coisa que temos que fazer para conseguir bolos mais fofos com a farinha integral é deixar descansar a massa pelo menos 20 minutos antes de a levar a cozer. Claro que, convém deixar o fermento de fora e juntar apenas no momento de levar ao forno. É incrível como um pormenor tão simples e fácil muda o resultado por completo!
É esta a história destes muffins de chocolate integrais e fofos!
Ingredientes:
(Receita adaptada de Iguarias Saudáveis de Popina)

2 ovos
90 g de açúcar mascavado claro
50 ml de óleo de côco (usei este Myprotein que tem um cheirinho delicioso!)
150 g de farinha de trigo sarraceno superfina (usei esta Myprotein)
1 colher de sopa de cacau em pó (usei este Royal)
1 colher de chá de açúcar baunilhado (usei este Royal)
1 cenoura pequena ralada
1 maçã ralada
50 g de chocolate de culinária 70% cacau cortado grosseiramente
1,5 colher de chá de fermento em pó

Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Bata os ovos com o açúcar até obter uma massa cremosa. Junte o óleo e misture.
Junte a farinha, o cacau e o açúcar baunilhado e misture.
Acrescente a cenoura, a maçã e o chocolate partido e envolva tudo muito bem.
Deixe a massa descansar durante 30 minutos.

Acrescente o fermento e encha as formas de muffin até 2/3.
Leve ao forno durante 25 minutos.
Guarde num recipiente hermético durante 2-3 dias.

19/02/2015

Parabéns a mim! E bolo genoise com natas e morangos para ele!




19 de Fevereiro. O meu dia. O dia dele. E parece Natal outra vez!

15/02/2015

Scones baunilhados {e a ementa da semana}

As tardes de domingo têm este condão de me deixar colada ao sofá, enquanto a lareira crepita e me enrosco entre as mantas quentinhas. Especialmente tardes como esta, em que a chuva bate na janela e o consolo de saber que não é obrigatório sair do ninho é já por si uma felicidade imensa.
Mas a verdade é que também não preciso de desculpas para saltar da sala para cozinha e trocar o calor da lareira pelo calor do forno.
Andava com imensa vontade de fazer scones mas por um motivo ou outro, a oportunidade não surgia. Ontem surgiu. E ainda bem! O cheirinho que saia da cozinha fazia lembrar a Cerelac. Fácil de imaginar, não é? Tão bons! Dos melhores que comi e seguramente os melhores que já fiz. O truque penso que é apenas não cansar a massa para que eles cresçam e fiquem com a textura certa. Ao contrário do que possamos imaginar, os scones devem ser amassados o mínimo necessário para misturar os seus ingredientes.
Vamos fazer scones?
 
Ingredientes:
Receita adaptada de "O livro de Pantagruel de garfo e faca à volta do Mundo"

300 g de  farinha T55 sem fermento
2 c. chá de fermento em pó
1 c. chá de cremor tártaro
1,5 c. sopa de açúcar baunilhado (usei este que tem um sabor super natural)
125 g de manteiga sem sal fria
180 ml de leite morno
1 ovo
1 pitada de sal

Peneire a farinha, o fermento e o cremor tártaro para uma taça. Junte o sal e o açúcar.
Junte a manteiga cortada aos cubos e mexa com as pontas dos dedos, até obter uma textura areada.
Noutra taça bata os ovos e junte o leite. Lentamente, deite esta mistura na farinha e vá mexendo apenas com um garfo para envolver todos os ingredientes.
Enfarinhe as mãos e faça uma bola, amassando muito ligeiramente.
Coloque a bola num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Com a palma da mão achate a bola e com a ajuda de uma faca, divida-a em 8 partes iguais como se fosse uma pizza.
Levam-se a cozer durante 20-25 minutos, em forno pré-aquecido ou retiram-se quando começam a ficar dourados para não cozerem demasiado.
Servem-se de imediato, com manteiga e compota.

Se pretender dobrar a receita, pode fazê-lo, mas neste caso deve dividir a massa e fazer duas bolas.

Ementa da Semana
Segunda-feira: Beringelas com molho de requeijão de ervas
Terça-feira: Migas de tomate com rojões e cogumelos
Quarta-feira: Pescada com puré e broa
Quinta-feira: Hambúrguer caseiro com salada em pão pita
Sexta-feira: Rolinhos de salmão e côco com molho oriental

Pão para a semana: Pão de centeio com café, quinoa e amendoas
Pequenos-almoços/ snacks: Porridge de chocolate e laranja , Bolachas de Aveia e Chocolate
Iogurtes: Iogurtes Líquidos de Lemon Curd





13/02/2015

Bolo de crepes, Nutella e morangos {Valentine´s day}

Amanhã é Dia de São Valentim. Um dia tonto dizem muitos, o dia mais romântico do ano dizem outros. E como o amor é doce, trago uma sobremesa linda e irresistível para assinalar o dia... ou a noite!
É tão simples como parece, um bolo feito de crepes bem finos entre camadas de Nutella, coberto com morangos. Para ser perfeito, só acompanhando com bom champanhe por isso, aproveite e ponha já a garrafa a refrescar!

12/02/2015

Risotto de abóbora e brócolos

Não é um prato para dias de pressa, é verdade. Mas há sempre exceções, há aqueles dias especiais e que merecem mais dedicação. 
Um risotto não é um prato de arroz qualquer. Para mim, muito do seu sabor e cremosidade são adquiridos com o namoro entre a colher de pau e os grãos arredondados do arroz carnaroli. Normalmente a minha mente viaja enquanto estou encostada ao fogão naquele ritual que é preparar um bom risotto.

10/02/2015

Panados de galinha no forno com arroz de grelos

As galinhas da quinta são o que eu posso chamar umas senhoras galinhas. Como podem passear por onde querem, petiscar quando e o que querem, têm uma carne firme e saborosa. Mas se são grandes, têm obviamente a parte que eu menos gosto, muito desenvolvida. O peito. Normalmente esta é a parte do frango ou galinha que fica no tacho. Seja cozinhado de que maneira for, acaba sempre por ficar posta de lado. 
Posts relacionados Plugin for WordPress, Blogger...
blog design by WE BLOG YOU